Frescas‎ > ‎

#Tertulija com Teresa Salema (PEN)

posted May 9, 2018, 1:04 PM by Joao Pita Costa   [ updated Nov 4, 2018, 2:51 PM by Revista Sardinha ]

Foi com um grande prazer que recebemos no Ziferblat em Ljubljana a autora Portuguesa Teresa Salema no dia mundial do Livro para uma tertúlia literária. Este maravilhoso final de tarde foi organizado pela Associação de Amizade Luso-Eslovena em colaboração com o PEN. Veio a convite do PEN Esloveno para celebrar o dia internacional do livro,  e aproveitou para nos brindar com a sua vasta experiência literária e até humanitária. Teresa contou-nos das várias iniciativas do PEN em países sub-desenvolvidos, dos problemas em iniciar atividade em Angola e Moçambique por razões alegadamente políticas, e deu-nos a boa notícia da abertura de centros literários PEN nos países Lusófonos Cabo Verde e Guiné Bissau. Falamos também da vantagem de integrar elementos de outras línguas na Língua Portuguesa, e no consequente potencial literário dos Portugueses da Diáspora.


Ela própria viveu dez anos na Alemanha e conhece de perto a realidade de estar longe da Língua Materna. Teresa é ainda da opinião que mesmo escritores cuja Língua Materna não é o Português (por exemplo Eslovenos) podem sim criar boas peças literárias na nossa Língua desde que conheçam bem a sua melodia e como a podem manejar. De acordo com Teresa, autor que não transparece essa melodia é comparável a uma pessoa sem humor. Que por vezes é mais perigosa a correção demasiada do tradutor que adultera essa mesma melodia literária no texto original. Leu-nos uma passagem do seu novo livro, que nos deixou dedicado aos valiosos esforços da associação. Ficou a promessa de uma nova visita e o convite para que nos encontremos com ela na bela cidade de Lisboa.